Última hora

Última hora

AstraZeneca elimina 3000 empregos

Em leitura:

AstraZeneca elimina 3000 empregos

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo farmacêutico anglo-sueco AstraZeneca anunciou uma subida de quase um terço nos lucros de 2006. O grupo lucrou 6,6 mil milhões de euros, durante o ano passado. No entanto, o panorama para 2007 parece mais sombrio, com o grupo a antecipar o efeito da concorrência dos medicamentos genéricos nos Estados Unidos e a prever a supressão de 3000 postos de trabalho. Estes empregados representam cerca de uma vigésima parte do total do quadro.

A AstraZeneca ocupa a quinta posição na lista das maiores empresas do sector. O primeiro lugar pertence à britânica GlaxoSmithKline, com uma facturação, em 2006, de 35,4 mil milhões de euros. Seguem-se a francesa Sanofi-Aventis e as suíças Novartis e Roche. A Astra-Zeneca teve, no ano passado, um volume de negócios de 20,5 mil milhões de euros.

Para se afirmar num mercado em cada vez maior concentração, a Astra Zeneca anunciou planos para comprar a britânica Arrow Therapeutics por 116 milhões de euros. O negócio chega na mesma altura em que o grupo está a gastar o equivalente a mais de 600 milhões em licenças de comercialização de medicamentos nas áreas do aparelho respiratório e da obesidade.