Última hora

Última hora

Fumar em locais públicos e empresas privadas é proibido em França

Em leitura:

Fumar em locais públicos e empresas privadas é proibido em França

Tamanho do texto Aa Aa

Desde a meia noite que França entrou em força na guerra contra o tabaco, declarada pelo presidente Jacques Chirac em 2003. Depois da subida crescente nos preços dos maços de cigarros, agora é proibido fumar em todos os locais públicos, escolas, hospitais,empresas privadas incluídas. A solução é só uma, fumar na rua, faça frio ou faça chuva.

Uma parisiense diz que a área para fumadores na empresa está já fechada e que todos estão a fumar fora do edifício. Segundo os números oficiais, morrem em França perto de 5 mil pessoas vítimas do fumo passivo todos os anos e 60 mil mortes são provocadas pelo vício do tabaco.

O cenário é negro, mas mesmo assim muitos resistem à interdição de fumar imposta pelo Estado. É o caso deste trabalhador que em frente ao patrão diz: “perante as novas regras, que o futuro dirá como tudo se vai passar…”

As autoridades francesas seguem o exemplo de Espanha, Irlanda e Itália no endurecimento das leis anti-tabaco e o comissário europeu para a Saúde dos 27 apelou aos países para apertarem as regras. O ministro francês da Saúde garante que a ideia é “provocar no fumador o desejo de deixar de fumar. É necessária ajuda, ou seja apoio financeiro e assistência médica personalizada”.

Há no entanto excepções. Vai ainda ser permitido fumar em bares, discotecas, casinos e restaurantes mas só até 2008. Um jovem diz que “para o ano é que vai ser um problema pois não fumar num bar ou numa discoteca é pouco complicado”.

Quem for apanhado a fumar em locais públicos enfrenta uma multa de 68 euros, enquanto o proprietário ou gerente terá de pagar 135 euros.

Mas o problema é que ainda ninguém sabe quem vai fiscalizar o cumprimento da Lei. Não há qualquer organismo criado para o efeito, a questão não está prevista na lei, e as polícias não se mostram disponíveis.