Última hora

Última hora

PE pronuncia-se a favor de uma moratória mundial sobre a pena de morte

Em leitura:

PE pronuncia-se a favor de uma moratória mundial sobre a pena de morte

Tamanho do texto Aa Aa

No mesmo dia em que, começa, em Paris, o Congresso Mundial contra a Pena de Morte, o Parlamento Europeu (PE) manifestou-se a favor de uma moratória mundial sobre a pena capital.

A União Europeia é contra a pena de morte e os países que aderem ao grupo têm de abolir primeiro a pena capital. Esta quinta-feira, os eurodeputados votaram a favor de uma moratória mundial – para que a pena de morte nunca mais seja aplicada. Esta moratória é considera um primeiro passo para a abolição desta sanção em todos os países do mundo.

Oitenta e oito países já aboliram a pena capital. Portugal foi um dos primeiros, em 1867. Segundo os dados da Amnistia Internacional, em 2005, pelo menos 2148 pessoas foram executadas, em 22 países diferentes. Esta organização não-governamental de defesa dos direitos do homem estima que o número possa ser superior já que, em países como a China, muitas execuções são feitas em segredo.