Última hora

Última hora

Proibição de fumar em locais públicos entra em vigor em França

Em leitura:

Proibição de fumar em locais públicos entra em vigor em França

Tamanho do texto Aa Aa

Fumar um cigarro nas ruas de Paris… À primeira vista poderia tratar-se de um convite romântico, mas para os 15 milhões de fumadores franceses esta é agora a única solução de manter o vício durante as horas laborais. A lei que proíbe o consumo de tabaco em locais públicos entrou hoje em vigor abrangendo não só empresas, como escolas, hospitais, teatros, aeroportos, estações de metro e comboio.

Cerca de 175 mil agentes vão patrulhar todos estes locais à procura de fumo suspeito. As multas podem de 68 euros para os fumadores, podem ascender a 135 euros para os proprietários ou responsáveis dos locais. Num hospital de Paris, uma trabalhadora afirma-se inquieta: “não sei como vou fazer para aguentar todo o dia se não poder sair para fumar um cigarro”.

Para muitos fumadores, o dia 1 de Fevereiro torno-se o primeiro dia para deixar de fumar. As consultas médicas para abandonar o tabaco têm listas de espera de semanas. A hora é da nicotina em adesivos ou pastilhas elásticas como afirma uma farmacêutica: “desde ontem à tarde e hoje de manhã que aumentámos as vendas destes produtos, as pessoas sentem-se entre a espada e a parede e não têm outra escolha que aceitar o que as empresas lhes impõem”.

Longe da resignação, outros mostram-se mais inflamados com a nova lei, como um fumador transeunte que afirma apenas: “Estamos num país de idiotas, um país de idiotas”. A lei só vai abranger dentro de um ano, bares, restaurantes, discotecas e casinos.

Até lá a segurança social francesa vai comparticipar anualmente em 50 euros por pessoa a compra de medicamentos para deixar de fumar. Depois de países como a Irlanda, a Itália ou Espanha a Comissão Europeia começou esta semana a debater a forma de reduzir o vício a cinzas em todos os locais públicos da União.