Última hora

Última hora

E.ON apresenta proposta oficial à Endesa

Em leitura:

E.ON apresenta proposta oficial à Endesa

Tamanho do texto Aa Aa

A E.ON tem o caminho livre para se tornar, juntamente com a Endesa, na maior empresa energética da Europa. O grupo alemão apresentou oficialmente uma proposta para a compra da empresa espanhola. A tarefa está agora facilitada, depois da desistência da Gás Natural em lançar uma OPA concorrente.

O presidente da Endesa, Manuel Pizarro, critica a forma como a Gás Natural desistiu do negócio: “Desde pequeno, ensinaram-me a saber ganhar e perder. Infelizmente, há pessoas que não sabem ganhar nem perder”. A administração da Gás Natural disse que desistia da OPA não por motivos financeiros, mas porque estava a receber um tratamento diferente por parte da Endesa.

O ministro espanhol da Economia, Joan Clos, diz que o governo não vai intervir no processo: “Temos responsabilidades como reguladores do mercado, e vamos continuar a agir nessa qualidade. Por isso, não vamos intervir no processo da OPA”. Apesar destas declaraçõs, o governo de Madrid não se livra da acusação de tudo ter feito para colocar entraves à fusão, o que valeu várias advertências de Bruxelas. O valor final da OPA da E.ON só é revelado amanhã. A oferta deve ser de pelo menos 34,5 euros por acção, o valor da última proposta.