Última hora

Em leitura:

Nissan sofre forte queda na bolsa


empresas

Nissan sofre forte queda na bolsa

A Nissan teve esta segunda-feira uma das maiores quedas de sempre na bolsa. O título caíu mais de 8% na praça de Tóquio, depois de um alerta sobre lucros. A construtora japonesa, detida em cerca de metade pelo grupo francês Renault, pode ter uma queda nos lucros este ano, o que a acontecer será a primeira vez desde a chegada de Carlos Ghosn à presidência, há sete anos.

A subida gradual no preço das acções, que se viveu ao longo do mês de Janeiro, terminou agora, de forma abrupta. No último trimestre, o lucro caíu dos 1,3 mil para os 1,2 mil milhões de euros.

Os analistas apontam o dedo ao homem-forte do grupo. Isto porque Ghosn acumula agora as presidências executivas da Renault e da Nissan. Muitos milhares de quilómetros separam Paris e Tóquio e o gestor franco-brasileiro não pode agora dar à marca japonesa a mesma atenção que deu ao longo dos anos em que se ocupava apenas da Nissan.

Nesses anos, ganhou a fama de ter feito da Nissan uma das grandes marcas mundiais, graças a uma política de corte nos custos.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas

E.ON apresenta proposta oficial à Endesa