Última hora

Última hora

Polícia britânica tenta limitar psicose face a cartas armadilhadas

Em leitura:

Polícia britânica tenta limitar psicose face a cartas armadilhadas

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia tenta minimizar a psicose que se instala na Grã-Bretanha, devido à série de explosões de cartas armadilhadas no país. Segundo as autoridades, as sete encomendas postais recebidas nas últimas três semanas contêm material pirotécnico e não explosivos convencionais e o objectivo parece ser o de assustar, não de matar.

Até ao momento não há reivindicações e a polícia pede cautela na abertura do correio. A última explosão ocorreu hoje em Swansea, no País de gales, na direcção-geral de viação. Há um ferido e duas pessoas em estado de choque.

Duas bombas foram enviadas para laboratórios de Abindgon e Birmigham. Quatro cartas explodiram desde sábado, fazendo pelo menos seis feridos, em Swansea, Londres, Wokingham e Folkestone em organismos ligados directa ou indirectamente ao registo, controlo rodoviário e cobrança de portagens e multas. Há pistas que apontam para acções de activistas dos direitos dos animais, mas a polícia não exclui nenhuma hipótese.