Última hora

Última hora

Ehud Olmert estuda acordo de governo entre Fatah e Hamas

Em leitura:

Ehud Olmert estuda acordo de governo entre Fatah e Hamas

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um dia de obras junto à esplanada das mesquitas em Jerusalém marcado pelos protestos dos palestinianos e pela detenção de vários manifestantes por parte da polícia israelita. Os palestinianos suspeitam que o governo israelita quer aproveitar a construção da nova rampa de acesso ao local sagrado para fazer alterações na zona dos templos, algo que o executivo de Ehud Olmert já desmentiu.

Este Domingo fica marcado também pela reacção do primeiro-ministro israelita sobre o acordo aprovado na quinta-feira, em Meca, entre Fatah e Hamas para a formação de um governo de unidade palestiniano.

Ehud Olmert diz que o seu governo não rejeita nem aceita o acordo mas que está a estudar a questão.

Sobre as obras junto aos templos de Jerusalém, o primeiro-ministro de Israel garante que estas estão a ser feitas fora dos locais sagrados e em território exclusivamente sob administração israelita.

Olmert acusa ainda algumas pessoas de estarem a aproveitar-se de uma questão que não tem nada de religioso para fazer aumentar o ódio entre os povos.

Os trabalhos de construção da nova rampa de acesso às mesquitas deverão ficar concluido dentro de um ano, depois da passagem anterior ter caído em 2004 devido às intempéries.

Para dissuadir mais manifestações o governo israelita destacou este Domingo para a zona antiga de Jerusálem cerca de 2 mil polícias.