Última hora

Última hora

Gates pede à Europa mais recursos para acabar com a guerra no Afeganistão

Em leitura:

Gates pede à Europa mais recursos para acabar com a guerra no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A Europa tem de contribuir com mais dinheiro e meios se quiser vencer a guerra no Afeganistão. O repto foi lançado este Domingo, em Munique, pelo secretário da Defesa norte-americana no último dia da quadragésima terceira conferência sobre segurança.

Robert Gates lembrou que o Afeganistão é uma missão da NATO que já tem mais de 5 anos.

“Uma aliança constituída pelas nações mais prósperas do mundo com mais de 2 milhões de militares, isto sem contar com os soldados norte-americanos, deve poder gerar mais recursos humanos e materiais para conseguir acabar o trabalho no Afeganistão. Uma missão sobre a qual não há virtualmente nenhuma questão sobre a sua justiça, necessidade ou legitimidade internacional.”

Os dois dias e meio da conferência de Munique ficaram marcados pelas reuniões informais e pelos discursos duros de alguns dos principais líderes mundiais.

O presidente russo Vladimir Putin acusou no sábado os Estados Unidos de tentarem impor a sua vontade no mundo e criticou a intenção norte-americana de instalar bases de mísseis na Polónia e República Checa.

Robert Gates respondeu na mesma moeda a Putin este Domingo na mesma moeda dizendo que certas políticas russas não ajudam à estabilidade internacional, como a venda de mísseis terra – ar ao Irão ou a utilização dos recursos energéticos como meio de coerção política.