Última hora

Última hora

Polícia da ONU detém três membros de movimento albano-kosovar

Em leitura:

Polícia da ONU detém três membros de movimento albano-kosovar

Tamanho do texto Aa Aa

Com o objectivo de suprimir uma eventual espiral de violência no Kosovo, a polícia das Nações Unidas deteve três membros do Movimento para a Autodeterminação, em Pristina.

O movimento albano-kosovar foi responsável pelo protesto de sábado que degenerou em confrontos com as forças de segurança e nos quais morreram duas pessoas.

Um dos membros da organização explica o que sucedeu durante a detenção. “Recusámos que eles entrassem nas nossas instalações sem um mandado. Estivemos barricados 20 minutos na sede e durante esse período prenderam três dos nossos militantes que estavam no exterior. Depois partiram”, disse.

A manifestação teve como objectivo protestar pelo facto do plano para o futuro estatuto do Kosovo, proposto pelo representante da ONU, Marti Ahtissari, não prever a independência.

Duas pessoas morreram. 70 ficaram feridas, duas encontram-se entre a vida e a morte.