Última hora

Em leitura:

Triplo atentado à bomba em Iraque mata 80 pessoas


mundo

Triplo atentado à bomba em Iraque mata 80 pessoas

Pelo menos 80 pessoas morreram, esta segunda-feira de manhã, e mais de 160 ficaram feridas em três ataques à bomba em três zonas comerciais no centro de Bagdad.

O primeiro e mais mortífero ocorreu por volta das 12h15, menos três horas em Lisboa, quando um carro armadilhado explodiu junto de um centro comercial próximo do mercado de Chorja, o maior da capital iraquiana, provocando o desmoronamento
de um edifício de vários andares.

Pouco depois, um outro carro armadilhado explodiu na zona comercial de Al-Rusafa, onde há precisamente um ano, segundo o calendário islâmico, um triplo ataque à bomba matou 50 pessoas.

Quinze minutos depois, um engenho artesanal explodiu num mercado de Haraj fazendo nove mortos e mais de 30 feridos.

Os atentados coincidiram com o final dos quinze minutos de paralisação do país declarada pelo primeiro-ministro, Nouri Al-Maliki, para homenagear as vítimas do atentado de Samarra, cidade sunita no norte de Bagdade. A primeira explosão pode mesmo ser ouvida durante o discurso do chefe de governo.

No discurso, Maliki pedia a todos os iraquianos que respeitassem o próximo e que se sentissem “iguais no processo de construção do país”.

O plano de reforço da segurança na capital iraquiana anunciado por Maliki na noite de domingo serviu de pouco aos habitantes de Bagdade.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Parlamento chamado a despenalizar aborto depois de vitória do "sim" em referendo sem carácter vinculativo