Última hora

Última hora

El Sayed nega atentados de Madrid

Em leitura:

El Sayed nega atentados de Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça espanhola começou a julgar o mega-processo dos atentados de 11 de Março ocorridos há 3 anos em Madrid. Os 29 suspeitos presentes na procuradoria enfrentam penas que totalizam os 270 mil anos de prisão pelo assassínio de 191 pessoas e por ferimentos em cerca de duas mil.

Rabei Osman El Sayed, conhecido como “Mohammed o egípcio”, e principal arguido do processo, começou por recusar-se a responder às questões do colectivo de juizes, e mais tarde clamou a sua inocência. O primeiro dia de audiências foi dedicado à leitura dos depoimentos prestados por El Sayed durante a instrução do processo.

Um julgamento que se espera longo e cuja sentença só será conhecida, provavelmente, em Outubro, uma vez que implica depoimentos de mais de 100 peritos e de pelo menos 600 testemunhas. O processo que julga o maior atentado bombista cometido na Europa mobilizou uma vasta cobertura mediática com mais de 400 jornalistas de 160 meios de comunicação social, nacionais e estrangeiros. E ainda um forte dispositivo policial dentro e fora do anexo do Tribunal anti-terrorista espanhol.