Última hora

Última hora

Olmert ameaça boicotar governo palestiniano de unidade nacional

Em leitura:

Olmert ameaça boicotar governo palestiniano de unidade nacional

Tamanho do texto Aa Aa

Os obstáculos ao Roteiro da Paz poderão começar por um eventual boicote israelita e norte-americano ao governo de unidade nacional acordado em Meca no início do mês.

Condoleezza Rice escusou-se a comentar, mas Ehud Olmert anunciou que terá concertado essa posição com o presidente George W. Bush.

Em reacção à cimeira tripartida de Jerusalém, o primeiro-ministro palestiniano Ismail Hanyieh teceu críticas à posição pouco clara de Washington.

“A posição norte-americana permanece negativa e continua a opôr-se à formação de um governo de unidade nacional apesar do acordo palestiniano de Meca”, afirmou Hanyieh.

A Fatah reage praticamente da mesma forma, rejeitando quaisquer progressos no encontro de Jerusalém.

As palavras de Gibril Rajub, porta-voz do movimento dirigido por Mahmud Abbas:
“Não me parece que tenha sido um encontro frutuoso. Ficou aquém das expectativas. Esperávamos que os americanos exercessem alguma pressão sobre os israelitas para iniciarmos um processo de compromisso bilateral vigiado de perto pela comunidade internacional e pelo Quarteto em particular. E parece-me que a bola está do lado da administração americana.”

A organização pacifista ‘Peace Now’ parece ter a mesma opinião e exigiu em Jerusalém que os Estados Unidos pressionem Israel a relançar as negociações de paz com a Autoridade Palestiniana.