Última hora

Última hora

Presidente italiano anuncia amanhã solução para crise política

Em leitura:

Presidente italiano anuncia amanhã solução para crise política

Tamanho do texto Aa Aa

Após dois dias de consultas, o presidente italiano Giorgio Napolitano garantiu esta noite, em declarações à televisão pública, que vai anunciar amanhã a solução para a crise desencadeada pela demissão do primeiro-ministro Romano Prodi. Uma solução, que segundo os analistas, deverá passar por uma segunda oportunidade para a coligação de centro-esquerda.

Os partidos da coligação apelaram esta tarde ao presidente para que reconduza Prodi no governo, e submeta a decisão a um voto de confiança no Parlamento. Os representantes acenaram a Napolitano com uma maioria de 161 senadores prontos a renovarem a confiança a Prodi (157 do centro esquerda mais quatro de centro-direita).

Ontem as formações de esquerda tinham renovado o apoio a Prodi, aprovando um pacto com 12 pontos não negociáveis exigidos por “Il professore” para continuar no poder. O programa refere-se tanto aos compromissos internacionais de Itália com União Europeia e Estados Unidos , nomeadamente no Afeganistão, como à exigência de manter uma unidade em torno das posições do primeiro-ministro.

Para a oposição de direita, o pacto não tem, no entanto, qualquer valor. O presidente da Forza Itália, Silvio Berlusconi, que defendera publicamente a convocação de eleições, afirma-se “preocupado” com o eventual regresso de Prodi, depois do que chamou de “fracasso do líder ao não conseguir assegurar a estabilidade do país”.

A unidade reencontrada à esquerda estende-se também ao partido da refundação comunista, cujos deputados dissidentes tinham aberto a crise ao não aprovarem medidas do governo. Esta noite o líder da formação afastou um senador dissidente, dando garantias de que os partidos da União votarão em bloco durante toda a próxima legislatura ao lado de Prodi, caso este seja reconduzido.