Última hora

Última hora

Ségolène Royal junta pesos pesados do partido socialista francês para relançar campanha

Em leitura:

Ségolène Royal junta pesos pesados do partido socialista francês para relançar campanha

Tamanho do texto Aa Aa

Para tentar reduzir a desvantagem que tem nas últimas sondagens, a candidata socialista francesa reuniu os grandes nomes do partido em torno no seu pacto presidencial. Ségolène Royal chamou em seu socorro 13 grandes nomes socialistas. A surpresa é Lionel Jospin. O ex-primeiro-ministro regressa à frente de combate político, após a sua derrota nas presidenciais de 2002, apesar das divergências que o opõem à actual candidata.

Desde que Ségolène Royal foi investida, em Novembro, que os antigos rivais, Dominique Strauss-Kahn e Laurent Fabius, se mantinham afastados da campanha. O mesmo ocorria com outros responsáveis do Partido Socialista francês.

Nas últimas semanas, as sondagens mostraram que a candidata socialista perdia terreno para o rival de direita, Nicolas Sarkozy. Royal prometeu reorganização e renovação. Apresentou há dias as suas “cem propostas para a França”, que a nova equipa deverá defender.

Mas os próximos de Sarkozy ironizam. Considerando que a equipa nada tem de novo e não passa de uma parada de pesos pesados.