Última hora

Última hora

Sistema de agulhagem pode estar na origem de acidente de comboio no Reino Unido

Em leitura:

Sistema de agulhagem pode estar na origem de acidente de comboio no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

No local do acidente no Noroeste de Inglaterra, os socorristas cederam o lugar aos investigadores, que tentam determinar as causas que levaram o comboio pendular a descarrilar e a cair de uma altura de 12 metros. As autoridades privilegiam a tese de um problema no sistema de agulhagem, que tinha sofrido obras de manutenção há uma semana.

A composição com uma centena de passageiros seguia de Londres para Glasgow, na Escócia. Descarrilou numa zona isolada no condado de Westmorland, a 145 quilómetros por hora. O acidente fez um morto e 22 feridos, cinco dos quais em estado grave. Mas para as autoridades é um milagre não haver mais vítimas, face à violência do impacto.

O presidente do grupo Virgin, Richard Branson, proprietário do comboio, deslocou-se ao local e visitou os feridos. Afirma que a composição era excelente, de construção semelhante a um blindado, porque se fossem as velhas carruagens, o balanço seria dramático.

A Network Rail, companhia proprietária das infra-estruturas ferroviárias britânicas, não exclui a tese de problemas no sistema de agulhagem. A linha, que liga Londres, Birmingham, Manchester e Glasgow, só deverá reabrir dentro de duas semanas.