Última hora

Última hora

Trabalhadores dizem "sim" à reestruturação da VW de Forest

Em leitura:

Trabalhadores dizem "sim" à reestruturação da VW de Forest

Tamanho do texto Aa Aa

A fábrica da Volkswagen de Forest, na Bélgica, vai continuar a laborar. Esta terça-feira, em referendo, os trabalhadores aprovaram, com 76% dos votos, a declaração de intenção de manutenção da fábrica.

O plano prevê uma redução dos custos de 20%, incluindo um aumento do trabalho semanal de 35 para 38 horas. Objectivo, salvar os empregos, Pascal Van Cauwenberge, sindicalista: “Estamos aqui, na fábrica, para sublinhar que há dois mil e 200 empregos que estão ameaçados e que, portanto, nós tentamos encontrar uma solução para o seu futuro e para o futuro desta fábrica, na Bélgica.”

A direcção da Volkswagem tinha ameaçado fechar a fábrica, se o seu projecto de redução de custos não fosse aceite. Os trabalhadores fizeram greve, durante sete semanas, em protesto contra a decisão, da empresa, de pôr fim à produção do Golf nesta fábrica. Retomaram o trabalho quando o construtor alemão se comprometeu, em troca, a produzir cem mil unidades do Audi 1.