Última hora

Última hora

Merkel e Barroso reagem ao plano de reestruturação da Airbus

Em leitura:

Merkel e Barroso reagem ao plano de reestruturação da Airbus

Tamanho do texto Aa Aa

A mudança forçada na rota da Airbus e as suas implicações sociais suscitaram reacções a nível político. A chanceler alemã, Angela Merkel, que governa um dos países mais afectados, justificou a reestruturação.

“A companhia foi forçada a tomar uma decisão empresarial devido em parte a erros de gestão. E nós queremos que a companhia seja novamente competitiva. No entanto, o resultado está como é evidente relacionado com dificuldades e decisões difíceis para as pessoas”, disse.

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, defende que a esfera política não deve influenciar as decisões das empresas.

“Pessoalmente, acredito que nem sempre no passado os critérios de gestão tiveram prioridade. Por vezes houve uma espécie de politização mas para esta empresa ser um verdadeiro sucesso, eles tem que ter decisões empresariais claras”, declarou Durão Barroso.