Última hora

Última hora

Prodi passa teste do Senado com curta maioria

Em leitura:

Prodi passa teste do Senado com curta maioria

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com uma curta maioria que o Senado italiano renovou a confiança ao governo de Romano Prodi, esta quarta-feira. O executivo de coligação de centro-esquerda necessitava de pelo menos 160 votos a favor, dos 319 senadores que participaram na votação. Prodi conseguiu 162 votos a favor e 157 contra.

Uma vitória que se deve aos votos de quatro senadores vitalícios, entre os quais se encontra a Rita Levi di Montalcini, Prémio Nobel da Medicina, e do conservador Marco Follini, antigo ministro de Silvio Berlusconi.

O senador da oposição, Rocco Buttiglione, afirmou que “o executivo não vai durar muito tempo porque pelo menos dois senadores afirmaram votar a favor da moção de confiança, mas não aprovarão o programa de governo.”

Na sexta-feira, o chefe de governo vai enfrentar uma nova moção de confiança, mas desta vez na Câmara de Deputados, onde a coligação de centro-
esquerda tem maioria.

Prodi apresentou a demissão na semana passada, depois de o Senado ter rejeitado a política externa do executivo.