Última hora

Última hora

Trabalhadores da Airbus protestam contra plano de reestruturação

Em leitura:

Trabalhadores da Airbus protestam contra plano de reestruturação

Tamanho do texto Aa Aa

Três linhas de montagem da Airbus na Alemanha pararam hoje, num protesto que os trabalhadores prometem continuar enquanto não forem salvaguardados os empregos e as fábricas da construtora aeronáutica europeia.

Esta é a reacção dos trabalhadores ao Power 8, o plano de reestruturação que prevê cortar dez mil empregos até 2010.

O sindicato alemão IG Metall quer mobilizar todos os trabalhadores da empresa nas próximas duas semanas para lançar jornadas de luta a nível europeu.

O sindicalista Rudiger Lutien, membro da comissão de trabalhadores, diz ter visto “muitos conceitos de gestão, mas garantiu que o plano ontem apresentado não vai ser posto em prática. E recordou que a Airbus não tem problemas por causa do número de trabalhadores, tem problemas devido a erros de gestão.”

Em França, os sindicatos querem uma reunião do Comité Europeu da Empresa na próxima segunda-feira.

No encontro, hoje pedido à EADS, a casa-mãe da Airbus, os representantes sindicais querem que Louis Gallois explique o plano de reestruturação da empresa e prometeram uma manifestação seguida de meio-dia de greve.

Entretanto, a construtora aérea europeia anunciou a suspensão do desenvolvimento da versão de carga do A380, em virtude das encomendas anuladas nos últimos meses.