Última hora

Última hora

Jovens dinamarqueses exigem solução para edifício evacuado à força

Em leitura:

Jovens dinamarqueses exigem solução para edifício evacuado à força

Tamanho do texto Aa Aa

A sede do Partido Social-Democrata dinamarquês em Copenhaga foi esta sexta-feira ocupada por jovens que exigem uma solução das autoridades para inverter a evacuação de um centro juvenil na véspera.

A polícia dinamarquesa teme novos confrontos na capital depois de ontem ter sido encerrada a Ungdomshuset.

O edifício no bairro de Norrebro, que pertencia à autarquia de Copenhaga, era um centro de cultura “underground” há 25 anos, mas foi vendido a uma congregação religiosa no ano 2000.

Na sequência de uma ordem judicial de Agosto do ano passado, o novo proprietário ordenou ontem a expulsão dos jovens, que contestaram a decisão nas ruas dos bairros de Norrebro e Christiania.

Copenhaga viveu ontem os piores tumultos em muitos anos.

Os manifestantes incendiaram automóveis e atiraram cocktails molotov contra a polícia, que procedeu a mais de duzentas detenções, entre as quais cerca de duas dezenas de estrangeiros.

Dos confrontos resultaram 25 feridos.

Em solidariedade, centenas de jovens Okupas alemães protestaram nas cidades de Hamburgo e Hanôver, envolvendo-se também em confrontos com a polícia, que deteve 16 pessoas.

As manifestações estenderam-se ainda às capitais da Suécia e da Noruega.