Última hora

Última hora

Estónia vai a votos nas urnas e na Internet

Em leitura:

Estónia vai a votos nas urnas e na Internet

Tamanho do texto Aa Aa

Na Estónia, pouco deve mudar, em termos de goveno, depois das eleições deste fim-de semana. Tudo indica que a grande coligação actualmente no poder vá continuar, com a grande maioria dos votos a ir para os três partidos, de centro-esquerda e centro-direita, que formam o governo.

Num país que pertence desde 2004 à União Europeia e está na linha da frente da multimédia, estas são as eleições mais tecnológicas de sempre. Se o presidente Toomas Hendrick Ilves preferiu votar de forma tradicional, já o primeiro-ministro Andrus Ansip optou pelo voto pela Internet.

Estas eleições, que duram até amanhã, são as primeiras em todo o Mundo a poderem ser participadas através da Net. Se a coligação deve manter-se, já a presidência do governo deve mudar de mãos, com o líder do Partido do Centro, Edgar Savisaar, a tomar muito provavelmente o lugar de Ansip.

As eleições decorrem num clima de tensão com a Rússia, tudo porque o Partido Nacionalista, apoiado pelo primeiro-ministro, fez aprovar uma lei para remover um monumento do centro de Tallin, em homenagem ao Exército Vermelho. A Estónia fez parte da União Soviética entre a II Guerra Mundial e o fim do bloco, em 1991.