Última hora

Última hora

Bush visita Estados afectados pelos tornados para evitar novas críticas como aquando do Katrina

Em leitura:

Bush visita Estados afectados pelos tornados para evitar novas críticas como aquando do Katrina

Bush visita Estados afectados pelos tornados para evitar novas críticas como aquando do Katrina
Tamanho do texto Aa Aa

A devastação provocada pelos tornados no sudeste dos Estados Unidos, na quinta-feira, levou o presidente americano ao terreno. George W. Bush foi ver de perto os danos e assegurar a população. A localidade de Enterprise, no Estado do Alabama, foi uma das mais atingidas. A queda do telhado da escola secundária fez nove mortos. No total, os tornados fizeram 20 vítimas mortais. Entre os destroços Bush encontrou alunos, familiares e autoridades locais, assegurando-os de que toda a nação reza por eles.

O governo federal decretou estado de calamidade no Alabama, Missouri e Geórgia e as populações atingidas podem reclamar ajuda no valor de 28 mil dólares por casa. O presidente visitou também Americus, na Geórgia, onde os tornados destruíram grande parte do hospital, e apelou à generosidade dos americanos.

Bush tenta mostrar-se presente depois das críticas de que foi alvo após a passagem do furacão Katrina em 2005. Bush reconhece o atraso na entrega das ajudas. Dezoito meses após a maior catástrofe natural dos Estados Unidos, a reconstrução pouco avançou, dezenas de milhares de pessoas não regressaram e metade das escolas estão fechadas. A cidade de Nova Orleães e milhares de habitantes pedem indemnizações ao exército pelos danos provocados após a ruptura dos diques, que os soldados tinham reparado.