Última hora

Última hora

Derrubado edifício de Copenhaga que motivou motins

Em leitura:

Derrubado edifício de Copenhaga que motivou motins

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a demolição do edifício ocupado ilegalmente cuja evacuação forçada motivou vários dias de distúrbios em Copenhaga. O centro “Ungdomshuset”, ou “Casa dos Jovens”, albergou durante 25 anos grupos contestatários, “punks” e activistas da esquerda radical que assistiram agora à queda do antigo teatro de quatro andares. Sob fortes medidas de segurança e com receio de represálias, os trabalhadores apareceram no local de rosto tapado, enquanto as máquinas de demolição tinham o nome do empreiteiro escondido.

A capital dinamarquesa foi nos últimos dias palco dos piores episódios de violência urbana das últimas décadas, com confrontos constantes entre as autoridades e jovens que se opunham ao fim de um bastião da cultura “underground” europeia.

No sábado, duas mil pessoas de todas as idades manifestaram-se em Copenhaga num último esforço para salvar o edifício, que consideram histórico. Os motins em Copenhaga saldaram-se em 650 detidos, entre os quais 140 cidadãos estrangeiros.