Última hora

Última hora

Hamas e Fatah procuram nomes de consenso para integrar futuro governo

Em leitura:

Hamas e Fatah procuram nomes de consenso para integrar futuro governo

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro de ontem entre Mahmoud Abbas e Ismael Hanyieh em Gaza não bastou para que Hamas e Fatah chegassem a um consenso em torno da constituição do futuro governo palestiniano de unidade nacional. As nomeações para os cargos-chave de vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, são duas das questões difíceis de ultrapassar nas conversações entre o presidente e primeiro-ministro que se vão prolongar até quarta-feira.

Abbas, que quer ver personalidades independentes a ocupar os cargos, tinha já recusado duas propostas feitas pelo Hamas. À luz do acordo assinado no início de Fevereiro em Meca, os dois partidos têm até dia 21 de Março para apresentar um novo executivo. Um passo fulcral para recuperar a confiança e as ajudas internacionais ao território.

No final do encontro de Domingo, um conselheiro do presidente, mostrava-se optimista, assegurando não existirem divisões quanto aos nomes que vão fazer parte do futuro executivo. A unidade anuncia-se no entanto difícil de negociar, pelo menos três partidos entre os quais a Jihad Islâmica recusam-se a participar no futuro governo.

Ao mesmo tempo, Hamas e Fatah continuam a armar as respectivas milícias apesar dos confrontos registados em Gaza nas últimas semanas.