Última hora

Última hora

Início do processo por crimes de guerra contra ex-chefe de governo do Kosovo

Em leitura:

Início do processo por crimes de guerra contra ex-chefe de governo do Kosovo

Tamanho do texto Aa Aa

Teve início, no Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia em Haia, o processo contra o antigo primeiro-ministro do Kosovo, acusado de crimes de guerra no conflito contra as forças sérvias em 1998 e 1999. Ramush Haradinaj renunciou ao cargo em 2005, depois de ser indiciado por assassinatos, violações e torturas alegadamente cometidos por homens a seu mando quando era comandante regional do Exército de Libertação do Kosovo.

O antigo chefe de governo, de 38 anos, é acusado de ter liderado uma campanha de terror contra as comunidades sérvia e Roma. Na passada quinta-feira, declarou-se inocente perante o tribunal, à semelhança do que já tinha feito em Março de 2005.

Considerado um herói por um grande número de albano-kosovares, Haradinaj foi o primeiro chefe de governo no activo a ser acusado de crimes de guerra pela instância de Haia, desde o ex-presidente da Jugoslávia e posteriormente da Sérvia, Slobodan Milosevic.