Última hora

Última hora

Câmara de deputados aprova financiamento a missão italiana no Afeganistão

Em leitura:

Câmara de deputados aprova financiamento a missão italiana no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A Câmara dos deputados em Roma aprovou a continuação da missão italiana no Afeganistão, questão que esteve na origem da recente crise política no pais.

Uma primeira vitória para Romano Prodi que precisa ainda do voto favorável no Senado, no fim do mês. Com uma maioria curta na Câmara alta, o primeiro-ministro italiano terá de contar com a oposição.

O deputado da direita, Ignazio Larussa, diz que “a questão é se o governo tem ou não uma maioria em termos de política estrangeira; se não tem, deve agir em consequência”.

Marina Sereni, deputada de esquerda, responde que “não se faz cair um governo que pode contar com uma maioria na Câmara dos deputados e no Senado”.

A quase totalidade dos deputados – muitos da oposição – votou a favor da continuação do financiamento do contingente de 2000 soldados incorporados na missão de paz da ONU. O Afeganistão é uma das prioridades do acordo que pôs fim à crise desencadeada pela breve demissão de Prodi em Fevereiro.