Última hora

Última hora

Irlanda do Norte aguarda resultado das eleições

Em leitura:

Irlanda do Norte aguarda resultado das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Será o reverendo Ian Paisley, o rosto do futuro governo da Irlanda do Norte? Para tal o líder do Partido Unionista Democrático tem até 26 de Março para chegar a acordo com o Sinn Féin e formar um executivo. Caso contrário, as instituições são dissolvidas e Londres, em parceria com Dublin, continuará a presidir aos destinos de Belfast.

A contagem dos votos arranca esta quinta-feira de manhã, os resultados serão conhecidos na sexta. Segundo as primeiras informações disponíveis, a participação foi de mais de 60% ultrapassado a de há 4 anos.

Após 30 anos de conflito e tentativas falhadas de colocar em prática a autonomia, um compromisso entre protestantes e católicos permitirá à Irlanda do Norte passar a ter poderes descentralizados em matéria de economia, educação, saúde, transportes e cultura. O controlo da polícia e da justiça será entregue dentro de alguns anos. Londres ficará com as pastas da defesa e dos negócios estrangeiros.

Martin McGuiness, o número 2 do Sinn Féin será também o número 2 do governo. A maioria dos cidadãos não acredita contudo na possibilidade de sucesso de um governo entre inimigos.

O grande desejo da população é um executivo mais preocupado em resolver as questões do dia-a-dia do que no prolongamento das discussões em torno da partilha do poder.