Última hora

Última hora

Governo de Cartum reponsável por crimes de guerra

Em leitura:

Governo de Cartum reponsável por crimes de guerra

Tamanho do texto Aa Aa

O Estado sudanês tem tido uma participação activa nos crimes de guerra e contra a humanidade cometidos no Darfur. A acusação é feita por uma missão das Nações Unidas num relatório apresentado esta segunda-feira em Genebra, na Suíça, na abertura da quarta sessão do Conselho dos Direitos Humanos.

A missão responsável pelo relatório foi conduzida pela norte-americana Jody Williams, galardoada em 1997 com o prémio Nobel da Paz. De acordo com o relatório, “as matanças de civis são correntes, as violações e os crimes sexuais sistemáticos, as torturas continuam, as detenções arbitrárias são comuns.”

O conflito dura há quatro anos e terá feito mais de duzentos mil mortos e de dois milhões de refugiados. A missão que elaborou o relatório foi decidida em Dezembro numa sessão especial do Conselho dos Direitos Humanos. Contudo as autoridades de Cartum não autorizaram os relatores a deslocarem-se ao Darfur. A missão realizou parte do seu trabalho nos campos de refugiados no leste do Chade.