Última hora

Última hora

Muita contestação a Bush na América Latina

Em leitura:

Muita contestação a Bush na América Latina

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte- americano encontra-se na Guatemala para um quarto dia de um périplo pela América Latina onde não têm faltado as manifestações de contestação. Centenas de indígenas guatemaltecos iniciaram em Tecpán, a cerca de 60 quilómetros a oeste da capital, uma vigília de protesto contra a visita do George W. Bush. Juntamente com o Presidente guatemalteco, Óscar Berger, Bush tem previsto visitar hoje o centro cerimonial maia de Iximché, que é considerado sagrado pelos indígenas e se situa a cerca de 30 quilómetros de Tecpán.

Os manifestantes realizaram um comício no qual acusaram o Presidente americano de ser “o principal violador dos direitos humanos no mundo”. Já na etapa anterior, na Colômbia, a primeira visita de um presidente norte-americano a Bogotá em 25 anos, foi vista como o “prémio pelo servilismo” de Álvaro Uriben pela guerrilha colombiana, as FARC.

A visita de sete horas do presidente norte-americano à Colômbia ficou assinalada por protestos no centro de Bogotá que levaram a confrontos entre polícia e manifestantes.