Última hora

Última hora

Partidos pró-Kremlin vencem regionais

Em leitura:

Partidos pró-Kremlin vencem regionais

Tamanho do texto Aa Aa

São conhecidas já as primeiras tendências dos resultados das eleições regionais na Rússia. Uma sondagem à boca das urnas, feita em 10 das 14 regiões, indica que dois partidos próximos do presidente Vladimir Putin venceram ontem o sufrágio. O partido Rússia Unida impôs-se na maioria das zonas, seguido de muito perto pela formação Rússia justa, um partido pró-Kremlin criado há pouco tempo.

Entretanto, multiplicam-se as denúncias da oposição sobre alegadas irregularidades durante e antes da votação. Há partidos que afirmam ter sido impedidos de concorrer em determinados círculos por alegadamente não terem conseguido as assinaturas necessárias. A comissão eleitoral fala em vários erros processuais na deposição da candidatura.

Quem não está convencido dos argumentos oficiais é Garry Kasparov, antigo campeão mundial de xadrês e líder do movimento de oposição Outra Rússia. Kasparov acusa Putin de destruir as insituições democráticas do país ao criar inúmeros obstáculos a quem faz frente a à política do Kremlin.

De acordo com a sondagem â boca das urnas da Visiom, os dois partidos pró-Kremlin terão conseguido entre 55 e 71%, o partido comunista entre 11 e 25 e os ultra-nacionalistas do Partido Democratico Liberal terão alcançado 10 a 14% dos votos.