Última hora

Última hora

Berlusconi regressa à barra dos tribunais

Em leitura:

Berlusconi regressa à barra dos tribunais

Tamanho do texto Aa Aa

Silvio Berlusconi vai voltar esta terça-feira a sentar-se no banco dos réus. O antigo primeiro-ministro italiano é acusado pelos juízes do tribunal de Milão de fraude fiscal, falsificação de documentos, abuso de bens sociais e branqueamento de capitais. O caso refere-se a irregularidades na compra dos direitos de difusão de filmes americanos, efectuados pela sua companhia Mediaset, no final dos anos noventa.

Acusado também no processo, encontra-se o advogado britânico David Mills. O ex-marido da ministra da cultura britânica, é apontado como o principal intermediário de Berlusconi, no negócio que envolvia o desvio dinheiro da compra de películas de cinema para contas abertas em paraísos fiscais, de forma a fugir ao fisco.

Entre as provas apresentadas em tribunal está um depósito de 600 mil dólares efectuado pela holding de Berlusconi – a Fininvest – na conta do advogado, por serviços prestados.

Os dois arguidos incorrem numa pena entre 4 e 12 anos de prisão. O caso complexo, que se arrasta há anos no tribunal , prescreve em Novembro próximo, provavelmente antes dos juízes poderem pronunciar o veredicto.