Última hora

Última hora

Líder da oposição do Zimbabué compareceu em tribunal com ferimentos

Em leitura:

Líder da oposição do Zimbabué compareceu em tribunal com ferimentos

Tamanho do texto Aa Aa

O líder da oposição do Zimbabué, Morgan Tsvangirai, compareceu hoje em tribunal em Harare. Tal como os seus apoiantes, detidos no domingo, apresentava vários ferimentos. Mas mantém o tom desafio ao regime. Os colegas cantavam à chegada ao tribunal enquanto o presidente do Movimento para a Mudança democrática apela ao prosseguimento da luta.

Após a audiência, rodeada de fortes medidas de segurança, os detidos foram levados para o hospital. Grupos de defesa dos direitos humanos garantem que foram torturados, após a detenção no domingo quando participavam numa oração colectiva, apesar de estarem proibidas as manifestações.

Estados Unidos, União Europeia e ONU apelam à libertação e consideram inaceitável a repressão. A Alta comissária da ONU para os direitos humanos louva o facto do Supremo Tribunal do Zimbabué não ter ignorado o caso e de ter ordenado a apresentação à justiça dos detidos ou a libertação. Para Louise Arbour é um ponto positivo face à situação marcada por atropelos às liberdades de expressão e associação mas também pela violência das forças policiais. O presidente Robert Mugabe controla o país há 27 e não pretende sair. Acusa, sobretudo o Reino Unido, da situação do país, a braços com uma taxa de inflação superior a 1700% e 80% de desemprego.