Última hora

Última hora

OCDE prevê crescimento saudável mas em queda

Em leitura:

OCDE prevê crescimento saudável mas em queda

Tamanho do texto Aa Aa

As maiores economias do mundo – Estados Unidos, Zona Euro e Japão – estão bem e recomendam-se, isto apesar de algum enfraquecimento. Quem o diz é a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que divulgou esta terça-feira previsões a curto prazo revistas.

No que toca à política de Jean-Claude Trichet e do Banco Central Europeu, a OCDE mantém a previsão de uma nova subida na taxa de juro da Zona Euro, que deve atingir os 4%, mas não antes de 2008. Segundo as novas previsões, é nos Estados Unidos que o abrandamento do crescimento económico mais se vai fazer notar este ano. Eurozona e Japão devem igualmente crescer menos que em 2007.

A OCDE, presidida por Jean-Philippe Cotis, vai apresentar em Maio um conjunto de previsões definitivas, no relatório da primavera. No primeiro trimestre deste ano, a economia dos sete países mais industrializados do mundo deve crescer meio por cento, ou seja, metade do ritmo do mesmo período do ano passado. Já no que toca ao segundo trimestre, o crescimento deve ser apenas muito ligeiramente inferior ao do mesmo período de 2006. As previsões para a Zona Euro foram revistas em alta, graças ao vigor da economia alemã.