Última hora

Última hora

Conservadores são surpresa em noite eleitoral na Finlândia

Em leitura:

Conservadores são surpresa em noite eleitoral na Finlândia

Tamanho do texto Aa Aa

A Coligação Nacional foi grande surpresa das eleições legislativas finlandesas deste domingo. Os conservadores de Jyrki Katainen passou de terceira para segunda força política da Finlândia.

Os conservadores foram os segundos mais votados, com apenas menos um deputado no parlamento do que os centristas de Matti Vahnanen.

Vahnanen vai assim chefiar o governo finlandês por mais quatro anos. O Partido do Centro do primeiro-ministro cessante foi o mais votado.

Tendo em conta estes resultados, os conservadores deverão governar juntamente com os centristas. O executivo da Finlândia passa do centro-esquerda para o centro-direita.

Em relação aos resultados das legislativas de 2003,o Partido do Centro perdeu 1,6 por cento dos votos.
A Coligação Nacional subiu 3,7 por cento em relação ao resultado de há quatro anos.

O grande derrotado destas legislativas é o Partido Social-Democrata, recém-liderado pelo ainda ministro das Finanças e antigo líder sindical, Eero Heinaluoma. Desde 1995 que os sociais-democratas
conseguiam ser eleitos para os sucessivos governos finlandeses.

Assim o Partido do Centro conquistou 51 dos 200 assentos parlamentares; a Coligação Nacional tem menos um deputado eleito. O Partido Social-Democrata passou de 53 para 45 deputados.

Destaque ainda para o Partido da extrema-direita Verdadeiros Finlandeses que conseguiu o dobro dos votos obtidos em 2003, o que se traduz pela mais conquista de cinco assentos parlamentares.