Última hora

Última hora

Troika europeia e Washington testam novo governo palestiniano

Em leitura:

Troika europeia e Washington testam novo governo palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia e os Estados Unidos vão esperar para ver as acções do novo governo palestiniano antes de tomar uma decisão sobre a posição a assumir face ao executivo, mesmo se este não cumpre as exigências internacionais. Após discussões em Washington com a troika europeia, os Estados Unidos ponderam boicotar o executivo mas ao mesmo tempo não descartam a discussão com alguns ministros, ao contrário de Israel que apenas pondera discutir com o presidente Abbas.

Enquanto esperam para ver, os europeus dão um prazo. Nos próximos três meses vão manter o apoio financeiro através do presidente Abbas. As ajudas directas essas continuam bloqueadas, enquanto o Hamas não renunciar à violência e não reconhecer Israel e os acordos internacionais.

Esta segunda-feira, teve lugar a primeira reunião entre o presidente Abbas e alguns dos ministros em Ramallah, na Cisjordânia. A passagem de poderes ocorreu também em Gaza, tendo em conta a interdição de deslocação que pesa sobre várias personalidades.

A Noruega é o primeiro país a reconhecer o governo do Hamas e Fatah. O país não é membro da União Europeia e o secretário de Estado para os negócios Estrangeiros da Noruega é o primeiro diplomata europeu a encontrar o chefe do executivo palestiniano, Ismail Haniyeh, há cerca de um ano no poder.