Última hora

Última hora

Ahtisaari propõe independência do Kosovo de forma explícita, diz Le Monde

Em leitura:

Ahtisaari propõe independência do Kosovo de forma explícita, diz Le Monde

Tamanho do texto Aa Aa

O mediador da ONU para o Kosovo, Martti Ahtisaari, minimiza as revelações do Le Monde sobre a utilização da palavra independência no seu relatório, que será entregue a 26 de Março aos membros do Conselho de Segurança da ONU. Na edição desta quarta-feira, o jornal francês afirma ter tido acesso ao relatório confidencial e que Ahtisaari defende que “a independência sob vigilância internacional é a única solução possível” e que é “impensável manter uma administração internacional”.

Há oito anos que o Kosovo é administrado pela ONU, com a ajuda de 17 mil soldados da NATO. Durante 14 meses de negociações entre sérvios e albaneses, Ahtisaari não usou a palavra independência, mas relembra que a sua proposta foi interpretada como tal. Em Fevereiro, propôs um Kosovo soberano sob controlo de uma missão europeia, com uma constituição, bandeira, hino e representação em instituições internacionais.

A Sérvia, que não quer abrir mão da província, espera que a Rússia vete o futuro estatuto na votação no Conselho de Segurança da ONU, mas tal cenário faz temer uma onda de violência. Moscovo apela a novas negociações entre sérvios e albaneses. Ahtisaari rejeita.