Última hora

Última hora

Bruxelas e Washington dão um primeiro passo para liberalizar espaço aéreo

Em leitura:

Bruxelas e Washington dão um primeiro passo para liberalizar espaço aéreo

Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros dos transportes da União Europeia, reunidos em Bruxelas, deram ordem de descolagem ao projecto “céu aberto”. Após anos de negociações com Washington, os 27 aceitaram suprimir as restrições impostas até agora à aviação comercial no espaço transatlântico, para reforçar a concorrência no sector.

Companhias europeias e norte-americanas poderão agora estabelecer bases operacionais em qualquer zona do novo espaço aéreo, tendo liberdade para traçar novas rotas. Dentro de dois meses deverá começar a ser negociada a segunda fase do acordo, com vista a suprimir as limitações à participação de accionistas estrangeiros nas decisões de companhias nacionais. O ministro dos transportes alemão Wolfgang Tiefensee, que presidiu à reunião em Bruxelas, afirmou que, “na segunda fase abrir-se-áuma porta para um mercado inteiramente liberalizado, e para uma forma de zona de comércio livre do espaço aéreo”.