Última hora

Última hora

O casar para protestar contra o racismo

Em leitura:

O casar para protestar contra o racismo

Tamanho do texto Aa Aa

St. Nicolas, na Bélgica, foi ontem a capital dos casamentos. Em sinal de protesto contra o racismo, mais de 700 casais belgas disseram simbolicamnte SIM no mesmo local onde no final do ano passado três casais recusaram que a cerimonia fosse realizada por um oficial negro. De origem ruandesa, Wouter Van Bellingen, 34 anos, adjunto do presidente da Câmara da pequena cidade flamenga e responsável pelo registo civil desde Dezembro foi eleito para as municipais de Outubro de 2006 na lista do partido Spirit, uma pequena formação que defende uma ampla autonomia para a Flandres.