Última hora

Última hora

Secretário da ONU testemunha violência em Bagdade

Em leitura:

Secretário da ONU testemunha violência em Bagdade

Tamanho do texto Aa Aa

Um visita relâmpago do secretário-geral das Nações Unidas a Bagdad, mais surpreendente que o previsto. A presença de Ban Ki-moon, acabado de chegar ao Iraque, foi saudada com uma forte explosão. A deflagração fez tremer o edifício onde o novo homem forte das Nações Unidas respondia às perguntas dos jornalistas ao lado do primeiro-ministro iraquiano Nouri Al Maliki.

Momentos depois, podia ver-se no exterior uma grande coluna de fumo junto do edifício localizado na ultra-fortificada zona verde da capital iraquiana. Entretanto, as forças norte-americanas libertaram Ahmed -al Shibani, braço-direito do líder xiita radical Muqtada al-Sadr.

Al Shibani, que havia sido capturado na cidade santa de Najaf em 2004, foi libertado a pedido do chefe de Governo iraquiano Nouri al-Maliqui. No mesmo dia as forças norte-americanas anunciaram a detenção de Qais Khazaali, líder de um grupo envolvido no rapto e assassínio de cinco soldados americanos em Janeiro passado, na cidade de Kerbala.