Última hora

Última hora

Eleições na Mauritânia, Abdallahi favorito menos na capital

Em leitura:

Eleições na Mauritânia, Abdallahi favorito menos na capital

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo ministro Sidi Abdallahi está creditado com cinco pontos de avanço sobre o seu rival na segunda volta da eleição presidencial na Mauritânia. Escrutinados os votos de cerca de 80 por cento dos colégios eleitorais, Cheikh Abdallahi, de 69 anos, registava uma ligeira vantagem sobre o seu opositor, o progressista Ahmed Uld Daddah, de 64 anos.

Os resultados parciais das zonas do interior do país e de Nuadibu, no norte, são favoráveis a Abdallahi, candidato apoiado pela actual maioria parlamentar. Já na região da capital, Nuakchott, os votos contados pendem a favor de Daddah. Os resultados da capital, onde se concentram mais de 40 por cento dos eleitores, podem ser decisivos para o desfecho desta eleição.

De madrugada, Daddah, líder histórico da oposição ao regime do ex-presidente Maauia Uld Taya, derrubado por um golpe de estado militar em Agosto de 2005, registava cerca de 65 por cento dos votos em Nuakchott. Os resultados finais serão conhecidos esta segunda-feira.