Última hora

Última hora

Transferido para Guantánamo suspeito de atentados no Quénia em 2002

Em leitura:

Transferido para Guantánamo suspeito de atentados no Quénia em 2002

Tamanho do texto Aa Aa

Foi transferido para Guantánamo um suspeito dos ataques de dois mil e dois no Quénia. Abdul Malik foi detido no Quénia e depois entregue às autoridades americanas. É o primeiro detido a chegar à base americana desde Setembro de 2006, altura em que chegaram a Guantánamo 14 membros importantes da al-Qaida detidos em prisões secretas da CIA.

Malik reconheceu ter participado no atentado contra um hotel Paradise em Mombaça, no qual morreram 13 pessoas, e no ataque falhado contra um avião israelita também em Mombaça. O Pentágono não adiantou informações sobre a detenção nem se fazia parte dos islamitas fugidos da Somália. Limitou-se a dizer que foi capturado no âmbito da luta conta a al-Qaida e devido à sua importância foi levado para a base americana em Cuba.