Última hora

Em leitura:

Senado americano fixa calendário de retirada do Iraque e inicia braço-de-ferro com Bush


mundo

Senado americano fixa calendário de retirada do Iraque e inicia braço-de-ferro com Bush

O Senado americano fixou 31 de Março de 2008 como data para o fim da retirada das tropas do Iraque. Trata-se de mais uma derrota para os republicanos, que por dois votos viram os democratas bloquearem a sua proposta para impedir a fixação de um calendário de retirada na lei de financiamento da guerra, actualmente em debate.

Pela primeira vez o Senado fixa datas e inicia um braço-de-ferro com o presidente. A Casa Branca já reagiu. Bush diz-se decepcionado e garante que vai vetar o texto, tal como já tinha ameaçado na sexta-feira, após o voto na Câmara dos Representantes, que fixou também um calendário de retirada, mas só para Setembro de 2008.

Os dois textos vão ser agora harmonizados, antes de seguirem para as mãos do presidente. Bush pretende enviar mais soldados para reforçar o contingente de 140 mil homens, opondo-se ao desejo de 60% dos americanos que defendem a retirada.

Os democratas afirmam que esta é uma mensagem para que o presidente mude de estratégia e pressione o governo iraquiano a agir. Agora prossegue o debate em torno dos 122 mil milhões de dólares para financiar a guerra no Iraque e no Afeganistão.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

O Rei Abdallha critica a ocupação estrangeira do Iraque