Última hora

Última hora

Soldados britânicos no Irão dizem-se "bem tratados"

Em leitura:

Soldados britânicos no Irão dizem-se "bem tratados"

Tamanho do texto Aa Aa

A televisão iraniana difundiu esta tarde as imagens dos 15 fuzileiros britânicos detidos na sexta-feira quando patrulhavam as águas territoriais iraquianas. O vídeo inclui uma entrevista com a militar Faye Turney que afirma estar a ser bem tratada pelo exército iraniano, e imagens de uma carta endereçada aos pais da militar onde esta afirma que “poderiam ter ultrapassado o limite das águas territoriais iraquianas para o lado iraniano”.

Responsáveis iranianos tinham afirmado que Turney poderia ser libertada nos próximos dias. Teerão anunciou hoje ter terminado as investigações preliminares à detenção dos militares, afirmando que estavam de facto em águas territoriais iranianas.

Um relatório similar do exército britânico, divulgado hoje, certificava por seu lado que os militares navegavam em águas iraquianas. Horas antes da divulgação das imagens a ministra dos negócios estrangeiros britânica anunciara a suspensão das relações bilaterais com Teerão até à resolução da crise.

Para Margaret Beckett, “Londres entrou numa nova fase de actividade diplomática. Precisamos de concentrar todos os nossos esforços bilaterais durante esta fase para resolver a crise. É por isso que vamos impôr uma suspensão a todos os restantes contactos bilaterais com o Irão”.

A medida deverá incidir sobre a emissão de vistos e as ajudas económicas ao país. Segundo a agência noticiosa iraniana, Teerão está aberto a discutir a situação, falando de cooperação e afastando qualquer relação entre o incidente e as sanções da ONU contra o programa nuclear do país, aprovadas há dias em Nova Iorque.