Última hora

Última hora

Três italianos detidos na Bélgica por suspeitas de corrupção

Em leitura:

Três italianos detidos na Bélgica por suspeitas de corrupção

Tamanho do texto Aa Aa

Um funcionário da Comissão Europeia, um assistente de um deputado europeu e um homem de negócios foram acusados e colocados em prisão preventiva. Segundo o porta-voz do Ministério Público belga, a investigação foi lançada em 2004, na sequência de uma denúncia do Organismo Europeu de Luta Antifraude.

“Estamos a falar de milhões de euros mas não posso fornecer um número exacto. O inquérito está no início. Apesar de ter começado há três anos, só agora podemos explorar o que soubemos ontem. Os factos em causa ocorrem de há pelo menos dez anos para cá.”

A polícia efectuou várias dezenas de buscas na Belgica , Itália, França e Luxembrugo. Um dos funcionários tem 46 anos e trabalha no serviço da Comissão responsável pelas infraestruturas de delegações, o segundo de 60 anos é assistente de um deputado italiano do Parlamento Europeu, o terceiro dirige várias empresas imobiliárias. Os três homens são acusados de práticas de extorsão, falsificação e associação criminosa no seio de instituições da União.