Última hora

Última hora

Tumultos em Paris: Sarkozy diz que polícia agiu bem

Em leitura:

Tumultos em Paris: Sarkozy diz que polícia agiu bem

Tamanho do texto Aa Aa

Os tumultos entre centenas de jovens e a polícia em Paris suscitaram como era esperado reacções diversas por parte do governo e da oposição. Nicola Sarkozy, que até há dois dias ocupava o cargo de ministro do Interior, considerou que a polícia agiu bem. Em declarações à rádio France Info, o candidato conservador às presidenciais, rematou com uma pergunta: “se a polícia não assegura um mínimo de ordem qual é o seu papel?”

Para o porta-voz do PS, estes confrontos ilustram o clima de tensão e o fosso que se instalou entre a polícia e a população.
Os tumultos eclodiram na sequência da detenção de um homem de 33 anos que não tinha bilhete de metro e que agrediu dois agentes.

Segundo as testemunhas, a detenção policial foi violenta o que gerou a revolta dos jovens, que começaram a atirar garrafas e outros objectos contra a polícia. Algumas dezenas de desordeiros partiram vidros e destruiram vários equipamentos. Um posto de venda de bilhetes foi incendiado. A polícia lançou gás lacrimogénio e dispersou a multidão. A situação voltou à normalidade por volta da uma da manhã. 13 pessoas foram detidas.