Última hora

Última hora

Tribunal tailandês condena suíço por crime de lesa majestade

Em leitura:

Tribunal tailandês condena suíço por crime de lesa majestade

Tamanho do texto Aa Aa

Um cidadão suíço foi condenado a 10 anos de prisão por ter desfigurado imagens do monarca tailandês Bhumibol Adulyadej. Oliver Rudolf Jufer, de 57 anos, a viver há alguns anos na Tailândia, foi detido na cidade de Chiang Mai, no Norte do país, depois de ter utilizado um spray para pintar vários retratos do Rei.

A Tailândia é um dos poucos paíse do mundo onde o crime de lesa majestade tem como consequência rigorosa aplicação da lei. O cidadão suíço havia sido inicialmente condenado a 20 anos, sentença reduzida pelo juíz pelo facto de o acusado ter admitido os actos que constavam da acusação.