Última hora

Última hora

Porto de Marselha em greve há 17 dias

Em leitura:

Porto de Marselha em greve há 17 dias

Tamanho do texto Aa Aa

Porto de Marselha continua paralisado, após dezassete dias consecutivos de greve. Até agora, as reuniões entre os trabalhadores e a Gaz de France não produziram resultados. O conflito gira em torno do futuro terminal de gás. Os sindicatos querem que a empresa estatal de gás recorra aos trabalhadores do Porto para realizar as novas operações. A Gaz de France discorda.

“Consideramos que esta operação deve ser realizada por especialistas que trabalham em terminais de navios que transportam o gás. É isso que se faz no mundo inteiro”, defendeu o director de Infra-estruturas da empresa.

A tarefa em causa representa apenas mil horas de trabalho por ano. Mas em 2009, duas empresas privadas vão montar um terminal de contentores que criará 4500 postos de trabalho. Os sindicatos temem perder influência. O porto de Marselha é o terceiro maior do mundo, com uma produção de 390 milhões de barris por ano. Entre 1,5 e 2 milhões de toneladas de petróleo são exportadas para os Estados Unidos.

A indústria petroquímica estima que a greve causou perdas de 25 milhões de euros no sector do petróleo e de 10 milhões no sector químico. Os industriais alegam ainda que a paralisação das operações poderá forçar algumas refinarias em França, na Alemanha e na Suíça a interromper a produção, mas não há dados seguros sobre a situação dos stocks e das refinarias.