Última hora

Última hora

Górgia enterra pai da independência

Em leitura:

Górgia enterra pai da independência

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de uma década depois da sua morte, o primeiro presidente da Geórgia regressa a casa. Milhares de georgianos despediram-se este domingo de Zviad Gamsakhurdia, cujos restos mortais foram trasladados da Tchetchénia o mês passado.

O corpo do antigo presidente saiu de Mtskheta, antiga capital georgiana, para Tbilissi onde vai a enterrar com honras de Estado.

Considerado por muitos como o pai da independência, Gamsakhurdia foi presidente por apenas um ano depois de ter ganho as primeiras eleições livres multipartidárias realizadas na antiga União Soviética.

Deposto por um golpe militar em 1992, abandonou o país que entretanto mergulhara na guerra civil.

Depois de um ano no exílio regressou para combater o Governo de Edward Shvardnadze, o antigo chefe da diplomacia soviética.

Morreu na Georgia ocidental em 1993 em circunstâncias pouco claras. O corpo de Gamsakhurdia foi encontrado com um tiro numa têmpora resultante de um aparente suicídio.