Última hora

Última hora

Primeiro-ministro disposto a negociar com presidente

Em leitura:

Primeiro-ministro disposto a negociar com presidente

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de partidários da coligação que governa a Ucrânia manifestaram-se hoje contra o presidente. De bandeiras azuis em punho, os apoiantes do partido das regiões do primeiro-ministro Viktor Ianoukovitch juntaram-se em frente ao parlamento. Protestam contra a decisão de Viktor Iouchtchenko de dissolver a assembleia e convocar eleições antecipadas. Aos azuis juntaram-se os vermelhos do partido comunista, que faz parte da coligação governamental.

Um manifestante lamentou a divisão do país. “Durante quanto tempo vamos suportar os golpes de Estado entre as duas tendências? Toda a gente deve trabalhar para o bem do país e não em função dos interesses de cada um”, disse um apoiante do governo.

A crise agudizou-se hoje com a demissão do presidente do tribunal constitucional a quem foi pedido que avaliasse a legalidade do decreto presidencial. Ivan Dombrovski fez saber que não tomava decisões sobre pressão. Segundo a televisão ucraniana, Ianoukovitch mostrou-se hoje disposto a fazer concessões a Iouchtchenko. O chefe do executivo fala em alterar a lei que reduziu os poderes do presidente.